Quem Somos | O que é? | Aparelhos | Artigos | Agenda | Testemunhos | Perguntas Frequentes | Links | Contato
FONOAUDIÓLOGAS DO GRUPO DE IMPLANTE COCLEAR HCFMUSP PROMOVEM III ENCONTRO COM PROFESSORES PARA AUXILIAR NO ENSINO DE CRIANÇAS DEFICIENTES AUDITIVAS
40 educadores estiveram presentes no III Encontro de Profissionais de Educação para Deficientes Auditivos promovido pela Fundação Otorrinolaringologia e organizado pelas fonoaudiólogas e otorrinolaringologistas do Grupo de Implante Coclear do HCFMUSP
Foram oito horas seguidas de muito aprendizado em relação à deficiência auditiva e ao implante coclear. "Pensamos em temas que podem ajudar os professores da rede pública e particular de educação para auxiliar os alunos deficientes auditivos implantados ou não a aprenderem mais na sala de aula. E foi um grande prazer ouvir os questionamentos e até transformar palestras em debates para que o entendimento sobre o assunto passasse da teoria à prática dos professores nas dúvidas que surgem no dia a dia", disse a fonoaudióloga Valéria Goffi-Gomez, coordenadora das fonoaudiólogas da equipe.
Com programação extensa, os educadores puderam assistir as seguintes aulas no período da manhã: Introdução a Surdez, com a Profa. Dra. Andrea Felice dos Santos; O Desenvolvimento da Linguagem na Criança Privada de Audição, com a fonoaudióloga Beatriz Novaes; Dispositivos Eletrônicos: AASI e Implante Coclear - Funcionamento e Tipos de Aparelho, com a fonoaudióloga Valéria Goffi; Quais os Cuidados Necessários com os Aparelhos em Sala de Aula. Como Saber se o Aparelho está Funcionando, com a fonoaudióloga Ana Tereza Magalhães.
Na parte da tarde, os temas envolveram psicologia e otologia e foram os seguintes: Bullying nas Salas Regulares com Deficientes Auditivos. Como ajudar e Evitar, pelas psicólogas Heloisa Romeiro Nasralla e Carla Rigamonti; O que Pode ser Feito em Sala de Aula para Facilitar o Aproveitamento do Aluno com Implante Coclear, pela fonoaudióloga Gisela Formigoni. O que é o Sistema FM, por Ana Tereza Magalhães e Sistema FM na Prática - Modelos de Transmissores e Receptores. Como Usá-los. "Finalizamos com dúvidas e discussões e foi muito importante a participação dos professores durante todas as palestras porque enriquecem o que realizamos na terapia", disse Valéria.

Educação especial
Segundo várias das participantes, o evento foi bastante esclarecedor. Silvia Guidigigli, professora e coordenadora do CEFAI - Centro de Formação e Acompanhamento à Inclusão - de Santo Amaro, São Paulo, é muito importante o acompanhamento e desenvolvimento aos alunos deficientes auditivos. "É preciso compreender a pessoa surda como uma pessoa com direitos ao aprendizado e a diferenças linguísticas. Um encontro como esse amplia essa oportunidade para os educadores e eu gostaria muito que fosse repetido nos CEFAIs junto aos pais dos alunos. Afinal, ouvir não é entender. É preciso interagir e desenvolver as capacidades linguísticas para aprender a conviver em sociedade", disse ela.
Já Luciane de Oliveira, professora de Três Corações, cidade do Sul de Minas Gerais, veio para aprender como auxiliar melhor o aluno implantado que possui. "Essas orientações de como o professor trabalhar com o implantado são essenciais. E a inclusão do aluno que utiliza LIBRAS ou é oralizado é muito importante também", comentou.
"Finalizamos anotando as sugestões para os próximos encontros e teremos novidades no semestre que vem, sem dúvida", finalizou Valéria Goffi, que pretende levar esse curso para outros grupos que se formaram junto ao Grupo de Implante Coclear HC-FMUSP no Brasil todo.